quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Obrigado.



Gostaria de te mandar recados, beijos, abraços e bilhetes terminados com frases fofas. Mas infelizmente eu seria covarde demais pra isso. Já fiz tudo o que podia por você, por mim e, principalmente, por nós.
A vida não é tão curta assim, eu poderia tentar de novo, mas acho que ela não é longa o bastante pra perder as outras oportunidades. Nossa história foi boa... pelo menos durou o bastante pra ser chamada de história.
Agora preciso escrever outras! Meu livro intitulado Vida não se baseia em uma única história. Eu gosto mesmo é de crônicas! Crônicas curtas, boas e inesquecíveis.
Então, tudo o que posso fazer agora é agradecer por ter sido um bom personagem. Você atuou bem, afinal. Foi um bom ator, parabéns.
Mas que a próxima crônica seja pelo menos um pouco cômica. Cansei de dramas.

Obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, fia!