sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Enquanto lava-se louça


Sabiam que aqui em casa sou eu quem lava a louça?
Sempre sobra pra mim e isso me deixa muito irritada, sabe. Depois de tanto enrolar e discutir com a minha mãe, eu me posiciono à frente da pia e começo a lavar os copos que são os mais fáceis, é claro! Enquanto lavo o primeiro estou irritada por ter que lavar toda a louça sozinha, no segundo fico quieta (xingando em pensamento...) e quando me vejo lavando o terceiro estou calma, imaginando coisas e construindo histórias.
Talvez lavar louça não seja má ideia! Tudo bem que ninguém gosta, mas não deixa de proporcionar um bom momento pra pensar. Entre um prato e outro você tem ideias, cria histórias e entra em um mundo só seu. Enquanto ensaboa os talheres pensa nos amores perdidos, nas amizades encontradas e em tudo o que pode estar por vir. 
Lavar louça talvez seja uma terapia. Um jeito simples para refletir e falar consigo mesma. E olha, eu não estou falando besteira não, viu? Pensa em quantas vezes você já não pensou e repensou a sua vida toda enquanto lavava alguns copos. Agora pensa em quantas histórias você já não imaginou, quantos amores você já não inventou enquanto ensaboava os pratos do jantar... Estou mentindo?
Sim, lavar louça apesar de não ser nosso passatempo predileto, é um momento que podemos chamar de nosso. Lavar louça faz bem pra mente, pra imaginação e principalmente para a memória!
Não sou eu a única que pensa assim não, viu?!

"A melhor hora para planejar um livro é enquanto lava-se louça." - Agatha Christie  

2 comentários:

  1. Lavar louça todo dia, que agonia... haha
    Mas funciona sim, relaxa a mente. Ainda mais com uma música de fundo. Amei o texto, super leve e divertido.
    Bjo!

    http://miasodre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Relaxa muito, mesmo!!!
    Que bom que você gostou, obrigada! <3

    ResponderExcluir

Comenta, fia!