sábado, 26 de novembro de 2011

Bagunça



Em uma bagunça totalmente organizada você poderia me encontrar. Minhas coisas ficam espalhadas por aí. Deixo tudo organizado em pilhas de coisas, não consigo deixar tudo arrumadinho. Minhas lembranças ficam em um canto, minhas manias em outro e meus sentimentos estão todos guardados em cadernos e rascunhos de um diário espalhado pelo quarto. Deixo tudo de qualquer jeito, assim como levo minha vida! Do jeito que dá, ela vai... Sem preocupações, encanações e principalmente sem ilusões.
Sou totalmente desarrumada e sem boas maneiras. Sou desinteressante e muito, mas muito embaçada. Coisas de gente estranha, eu acho.Gosto de mim assim, mas acho meio dificultoso pra você.
As vezes me sinto mal por ser assim, me sinto envergonhada por ser tamanha bagunça. Mas olha só que bobagem da minha parte... Logo eu, a "senhora felicidade estampada" ficando com vergonha de ser quem é...
Pois é, as pessoas são malucas! Comece olhando pra mim e enxergando total loucura em meus olhos... minhas atitudes mostram minhas constantes mudanças de humor, estado de espirito e de visão.
Sou assim inconstante, bagunçada e ansiosa. Falo pelos cotovelos e amo um clichê...
Sou eu bipolarmente normal. Sou uma bagunça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, fia!