quarta-feira, 16 de novembro de 2011



Eu e o meu mundo. Eu e minha solidão sem preconceitos e sem lições de moral, minha melhor amiga, a solidão, nunca vai me achar estranha justamente porque é filha predileta da minha estranheza.
                                                         
Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta, fia!