sexta-feira, 6 de abril de 2012

O tempo do príncipe


Tão acostumada a sonhar com o mocinho, acabei me tornando a vilã.
Vai ser sempre assim: você se apaixona, não é correspondida e passa a ter certo rancor da pessoa amada. Não que você queira se sentir assim, mas é mais fácil. Ela não tem culpa, as vezes...
Você tem que aprender a se controlar. Tem aprender a viver. A vida não é conto de fadas! Infelizmente, isso aqui é mundo e não o O maravilhoso mundo de Disney. Meu bem, vamos aprender a nos virar porque é o que tem pra hoje. Ou tu é normal, ou tu é você.
Das escolhas que a gente tem, quase nenhuma nos favorece de verdade. Nenhuma faz bem. É tudo planejado, tudo marcado. É tudo mandado.
Sinto falta da espontaneidade, sinto saudade da liberdade. Sinto saudade do tempo em que se podia sonhar e acreditar que ele se realizaria, por mais mágico que parecesse.
Eu sinto falta do tempo em que eu pensava e sabia que era a mocinha e não existiam vilões. Aquele tempo onde tudo o que eu fazia era sorrir só por pensar no príncipe encantado, mesmo que ele fosse imaginário.

Um comentário:

  1. linda , li esse texto pro lindo do meu namorado , ai ele falo assim : Só que com agente e diferente , é um conto de fadas na vida real sz

    ResponderExcluir

Comenta, fia!